quarta-feira, 25 de fevereiro de 2009

Magnetismo


Há dois processos principais de imantação: 1) por indução magnética - fenômeno pelo qual um corpo se imanta quando fica próximo de um forte ímã; 2) por corrente elétrica - fenômeno pelo qual uma barra de ferro, ou de outro material apropriado, se transforma num ímã quando uma corrente elétrica percorre um fio nela enrolado.

Neste segundo caso, como a imantação é obtida por meio da corrente elétrica, temos os eletroímãs, muito vantajosos na indústria e na tecnologia: não só conseguimos ímãs bem mais possantes do que os naturais, como podemos exercer verdadeiro controle sobre a potência do eletroímã, regulando a corrente que o percorre. Assim, aumentando a intensidade da corrente, aumenta também a ação do eletroímã; suprimindo-se a corrente, ele deixa de funcionar, além de outras variações possíveis. Isso foi uma grande revolução na tecnologia.

5 comentários:

MARTHA THORMAN VON MADERS disse...

Nossa, é complicado não?
Passei para desejar um ótimo final de semana.
beijos

VANUZA PANTALEÃO disse...

A Martha tá certa, Mestre!

Agora me deu um nó nos meus dois neurônios, rsss.

MARTHA THORMAN VON MADERS disse...

olá passei por aqui.
Um grande abraço

angel bar disse...

E haja o tempo em que se soltam os sonhos...

Convite para Long Drink "Flamenco" no Angel Bar.

Boa Semana.

MARTHA THORMAN VON MADERS disse...

Passando para desejar um ótimo final de semana.
Apareça por lá tenho novidades.
Um grande abraço